/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

1

1

1

1

1


1

1

1


 









Economia

Caixa Econômica tem novo gerente em Quedas

Dia 21/09/2017

Há alguns dias a agência da Caixa Econômica Federal de Quedas do Iguaçu está com novo gerente.  Trata-se do bancário Edson Morais, que veio transferido da agência Centro de  Cascavel, em substituição ao bancário Gotardo  que permaneceu como gerente da agência da CEF por dois anos.

Ao falar à imprensa, o novo gerente Edson Morais fez um balanço dos serviços prestados aos usuários de Quedas do Iguaçu, Três Barras do Paraná e Espigão Alto do Iguaçu, apresentando números dos benefícios sociais concedidos pela agência da cidade nas áreas de habitação, agronegócio, seguros, poupança, bolsa família, entre outros serviços.

Sobre comentários dando conta que a Caixa econômica federal poderia cerrar suas portas, Edson  Morais deixou claro que a Caixa jamais deixará Quedas do Iguaçu, por conta dos resultados obtidos ao longo dos últimos anos operando no município.

Consumidor que mudar horário de consumo de luz poderá pagar menos

Dia 13/09/2017

Quem mudar o horário de maior consumeo de energia da noite para o dia poderá pagar menos. A novidade poderá entrar em vigor a partir de janeiro do ano que vem, quando a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou o início da vigência da tarifa branca. A estimativa é que seja possível gastar entre 10% e 20% a menos.

A tarifa branca é um regime tarifário que considera o horário do consumo para definir do preço da energia. Atualmente, o consumidor paga o mesmo valor pela energia em todos qualquer horário do dia, seja manhã, tarde, noite e madrugada.
Com a tarifa branca, a energia fica mais cara por três horas no momento em que a rede tem mais demandada, por exemplo, nos dias de semana, no início da noite, normalmente entre 18 e 21 horas. Uma hora antes e uma hora depois do horário de ponta, o custo será intermediário. Nas demais horas do dia, ela será mais barata. Nos fins de semana, não haverá essa diferenciação.

No entanto, para ter acesso à tarifa branca, é preciso solicitar a migração para a distribuidora. Essas empresas terão 30 dias para instalar um novo medidor, capaz de verificar o consumo de acordo com o horário. Não haverá custo para o consumidor.

Inicialmente, apenas aqueles com consumo acima de 500 quilowatts-hora (kWh) por mês poderão solicitar o serviço, além de ligações de novos clientes. A Aneel estima que esse grupo represente 4,5 milhões de clientes.

A partir de janeiro de 2019, aqueles com consumo superior a 250 kWh por mês poderão migrar, ou cerca de 15,9 milhões de clientes. A partir de janeiro de 2020, qualquer pessoa poderá solicitar a migração para a tarifa branca. Em média, uma família brasileira consome cerca de 150 kWh mensais.

A Associação Nacional de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee) havia solicitado um adiamento na vigência da tarifa branca, mas o pedido não foi aceito pela Aneel. As empresas temem perder receitas com a adesão de clientes que, por coincidência, já consomem pouca energia no horário de ponta.

Antes de migrar para a tarifa branca, o consumidor deve analisar se consegue efetivamente se adequar ao sistema. Caso seja difícil mudar o horário do banho para o dia ou para a madrugada, será mais barato permanecer no regime atual. A mudança é opcional.

A Associação Brasileira de Defesa do Consumidor Proteste alerta os consumidores para não decidirem pela tarifa branca no impulso. De acordo com a entidade, a tarifa branca deve reduzir em 17% o valor da energia fora do horário de ponta. Porém, no horário de ponta, a energia deve ficar 84% mais cara.

"Ela pode ser uma armadilha para muita gente, principalmente para as pessoas que passam o dia todo fora de casa", diz a entidade, em seu site. A Proteste recomenda a adesão de pessoas que moram sozinhas e daquelas que estudam ou trabalham à noite.

Receita libera 4º lote de restituição do IR

Dia 08/09/2017

A Receita Federal liberou, a partir de 9h desta sexta-feira (8), a consulta ao quarto lote de restituição do Imposto de Renda. Segundo a Receita, cerca de 2,26 milhões de contribuintes serão contemplados no lote, que totaliza mais de R$ 2,7 bilhões. O órgão também pagará restituições de anos anteriores que ficaram retidas na malha fina.

O pagamento será realizado uma semana depois, no dia 15. O valor da restituição é corrigido pela taxa Selic, que acumula 4,34% entre maio e agosto.

A consulta pode ser feita na página da Receita na internet ou por meio do aplicativo para tablets e smartphones ou pelo telefone 146. Quem ainda não teve a restituição liberada também pode verificar se há alguma pendência, por meio do serviço e-CAC.

Se o valor não for creditado no banco, o contribuinte deve procurar uma agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para reagendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco, segundo a Receita.

Sicredi entrega Trator Solidário para associados de Quedas e Espigão Alto do Iguaçu

Dia 01/09/2017

Durante a semana a Sicredi Grandes Lagos PR/SP entregou dois tratores New Holland TL 75 do programa Trator Solidário para associados de Quedas do Iguaçu e Espigão Alto do Iguaçu. Na segunda-feira (28), a entrega foi feita ao associado Fernando Szimanski de Quedas que recebeu as chaves do novo trator em ato realizado em frente à agência do Sicredi.

Na terça-feira (29), outro associado beneficiado foi Leandro Junior Stall Koakoski de Espigão Alto do Iguaçu. Ele também recebeu as chaves do trator em cerimônia realizada em frente à agência do Sicredi.

envie para um amigo ...... comente está matéria........ imprimir a matéria

Últimas Notícias
 
Editoria Ano Mês
 
 

É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, em qualquer meio de comunicação eletrônica ou impresso, sem a devida autorização escrita ou via
e-mail do site Iguaçu Notícias.

 

 


1

1

1

1
1

1

1

1

1

1

1

1

1

1