/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

1


1

1

1

1

1

1

1


1

1

1

1

1


 









Regional

Sem acordo, MST segue em área ocupada de reflorestamento da Araupel


Comunidade no Facebook “Sou a favor da Araupel”, que reúne
quase 10 mil participantes

Dia 24/07/2014

Terminou no dia 23 de julho sem acordo a reunião que tentava uma solução para o conflito agrário em Rio Bonito do Iguaçu, Centro-Sul, após a invasão na semana passada de uma nova área da Araupel.

Representantes dos governos federal, estadual se reuniram com o MST e a direção da empresa para tentar uma solução, mas não houve avanços. A Polícia Militar também participou do encontro. O MST manteve a proposta de permanecer na área enquanto a Justiça não julga uma ação impetrada pelo Incra que pede a nulidade dos títulos de posse da Araupel. A empresa não aceitou a proposta e uma nova reunião foi marcada para a próxima semana, dia 29 de julho. A mesma proposta já havia sido rejeitada no início da semana.

Uma comunidade no Facebook denominada “Sou a favor da Araupel”, que reúne quase 10 mil participantes e que em maio convocou pela rede social uma manifestação em Quedas do Iguaçu, defendeu um novo protesto. Alguns internautas sugeriram fechar a BR-277, em Nova Laranjeiras.

Capotamento é registrado na PR-484

Dia 22/07/2014

No dia 21 de julho de 2014, policiais do posto da Polícia Militar Rodoviária da Linha Fonte da União em Quedas do Iguaçu, registraram um capotamento na PR-484, quilômetro 085 às 09h e 15min. O GM Classic, placas AVH-4744 de Três Barras do Paraná, conduzido por Rozane Meurer de Campo de 28 anos capotou. Rozane não teve ferimentos graves.

Associação Paranaense repudia às invasões das áreas de floresta plantada da Araupel

Dia 21/07/2014

A Associação Paranaense de Empresas de Base Florestal (APRE), que representa empresas que detêm mais de 60% das áreas florestas plantadas e são responsáveis pela conservação de mais de 400 mil ha de florestas nativas no Estado do Paraná, manifesta publicamente apoio à Araupel na defesa da posse de suas propriedades na região de Quedas do Iguaçu e repúdio ao incentivo por parte de personalidades públicas às invasões.

A invasão de terras produtivas pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), de uma indústria que emprega diretamente 1.050 pessoas e gera aproximadamente outros 1.050 empregos indiretos. A empresa, que vem atendendo rigorosamente a função social da propriedade rural, mantendo altos níveis de produtividade, fornecendo empregos de qualidade e conservando o meio ambiente, já sofreu outras grandes invasões e teve mais de 50 mil hectares desapropriados para à reforma agrária no passado.

As consequentes invasões significam um prejuízo para os cidadãos da região. Foram quase 31 milhões de reais injetados na economia do município de Quedas do Iguaçu somente em salários, além dos investimentos constantes na planta fabril e da cadeia de fornecedores que movimenta na localidade.

A Associação defende a livre iniciativa, a justiça social e o direito à propriedade, apoia o trabalho de extrema relevância econômica, social e ambiental desenvolvido há 42 anos por esta empresa 100% nacional e uma das maiores dos setores de floresta plantada e beneficiamento de produtos de madeira.

Ademais, a entidade condena qualquer tipo de manifestação pública na defesa de atos ilegais contra a propriedade rural e a fragilidade de acusações infundadas que podem comprometer a credibilidade de um trabalho sério realizado por uma indústria produtiva.

A APRE, em nome de todos os seus associados, espera que os poderes públicos, responsáveis por manter a ordem e a lei, estejam conscientes da importância da iniciativa privada para o desenvolvimento deste país e do Estado do Paraná.

Fonte: Da redação com assessoria, Editado por Cristina Esteche

envie para um amigo .... comente está matéria....... imprimir a matéria


Últimas Notícias
 
Editoria Ano Mês
 
 

É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, em qualquer meio de comunicação eletrônica ou impresso, sem a devida autorização escrita ou via
e-mail do site Iguaçu Notícias.

 

 

z1

1
1

1

1

1

1

1

1

1
1

1

1

1

1

1

111

1

aa
Mais canais: Agenda de Eventos - Google - Detran PR - Empregos & Negócios - Fale com o Iguaçu Notícias - Utilidades - Expediente - Tempo - Denuncie Aqui
Vendas on-line
- Busca no Site - Guia - Lista Telefônica - Rádio 92,5 FM - Regional