/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

1

1

1

1

1


1

1

1


 









Regional

Serviço Sanitário suspende importações de frango de Beltrão e Dois Vizinhos

Dia 18/02/2020

O serviço sanitário do Governo da Arábia Saudita suspendeu temporariamente as importações de carne de frangos de dois frigoríficos da empresa BRF. O governo saudita tomou a decisão enquanto aguarda receber mais informações sobre supostas violações cometidas pela empresa na produção de ração e premix.

BRF informa que tomou conhecimento domingo, 16, da nota oficial da Saudi Food and Drug Authority (SFDA), serviço sanitário da Arábia Saudita, acerca da suspensão temporária das exportações de carne de frango das plantas de Dois Vizinhos e Beltrão.

Conforme nota expedida pela assessoria de imprensa da BRF, “a empresa tem cooperado irrestrita e continuamente com as autoridades brasileiras e internacionais nas investigações conduzidas entre 2014 e 2018 sobre supostas violações na produção de ração e premix, preparado contendo vitaminas e aminoácidos”.

Expandiu seus controles internos

Ainda conforme a nota, “a BRF não tolera quaisquer desvios de qualidade e integridade em seu processo produtivo. Dessa forma, intensificou e expandiu sua estrutura de controles internos, de compliance e qualidade nos últimos anos com o intuito de garantir estrita aderência a toda e qualquer legislação sanitária mundial. A companhia esclarece que apenas a planta de Dois Vizinhos estava exportando para Arábia Saudita e já atua para redirecionar os volumes para suas demais unidades”. Conforme o G1, o volume de exportações para a Arábia Saudita era de aproximadamente seis mil toneladas/mês.

A companhia possui ainda cinco plantas habilitadas para [exportação à] Arábia Saudita e está empenhada para normalizar as exportações sauditas de Dois Vizinhos e Francisco Beltrão, que passarão a atender outros mercados, a partir deste momento.

A repercussão do caso em três segmentos

A notícia ainda é nova para o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Beltrão e Região. Ontem, o tesoureiro do Sindicato, Derli Leal, disse que ainda não tinha conhecimento desta informação e suas implicações para a categoria.

O vice-presidente financeiro e de relações com investidores da BRF, Carlos Alberto Bezerra de Moura, informou, por meio de nota à imprensa, que “a BRF manterá seus acionistas e o mercado devidamente informados tão logo seja oficialmente notificada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) a respeito do tema, bem como sobre qualquer desdobramento relevante em relação ao presente comunicado”.

O gerente-executivo da Coperativa de Transportes de Francisco Beltrão (Coptrans), Iduir Bortot, confirmou a informação da BRF de que, no momento, só a unidade de Dois Vizinhos estava exportando carne de frango para a Arábia Saudita. A Coptrans presta serviços de transporte de cargas de carnes de frango para a companhia nas unidades de Beltrão e Dois Vizinhos.

Por mês eram feitas 240 viagens para transportar containers com carne de frango de Dois Vizinhos para os portos do Paraná e Santa Catarina para os embarques nos navios. Estes caminhões e carretas serão direcionados, agora, para outros tipos de transportes.

*Com informações da assessoria da BRF

98% da produção vai para o mercado externo

As unidades frigoríficas da BRF em Beltrão abatem quase um milhão de frangos por dia – Dois Vizinhos 600 mil, Beltrão 393 mil. Na unidade de DV trabalham cerca de três mil pessoas, a filial de Beltrão emprega cerca de 2.300 pessoas. Aproximadamente 98% da produção dos dois frigoríficos se destina ao mercado externo. A unidade de Beltrão exporta para cerca de 32 países. As duas unidades possuem abates halal.

Mais um caminhão é saqueado em Nova Laranjeiras

Dia 10/02/2020

Na tarde do dia 07 de fevereiro, no munícipio de Nova Laranjeiras por volta das 16 horas, a vítima do furto, motorista do caminhão que estava transistando sentido de Cascavel a Curitiba. Envolveu-se em um acidente, com seu veículo imobilizado para seguir adiante. Foi então cercado por moradores que romperam os lacres e cadeados do caminhão, furtando toda a carga de frango e congelados.

A equipe da PRF orientou o condutor a realizar as medidas cabíveis.

Homem é morto com golpes de faca e facão em Laranjeiras do Sul

Dia 04/02/2020

Um homem de 35 anos foi assassinado em Laranjeiras do Sul. O crime aconteceu na tarde desta segunda dia 03, no Bairro Mineiro.

Alaércio Antônio de Teixeira morreu após ter sido atingido por golpes de faca e facão. O corpo foi encontrado em meio a uma plantação de soja.

O local foi isolado pela PM para perícia da Criminalística, o corpo será encaminhado ao IML de Guarapuava.

O caso deve ser investigado pela Polícia Civil. As primeiras informações dão conta que o crime foi cometido por três homens. Ninguém foi localizado pela polícia.

Em menos de 48 horas esse é o quarto homicídio em Laranjeiras do Sul, no sábado um homem foi morto a golpes de facas, e no domingo dois irmãos foram assassinados a pedradas. 

Quedas e Espigão são beneficiados com o programa caixa d’água

Dia 28/01/2020

Vários quedenses e munícipes do vizinho Espigão Alto do Iguaçu já receberam ou vão receber o reservatório domiciliares do Programa Caixa D'Água Boa, da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) em parceria com a Secretaria de Estado da Família, Justiça e Trabalho.

O Programa Caixa D'Água Boa está na terceira fase e já beneficiou mais de 4 mil famílias em todo o Estado. Na área de abrangência da Gerência Regional da Sanepar em Guarapuava, até agora 549 famílias receberam seus reservatórios domiciliares.

Na primeira etapa, foram atendidos os municípios de Marquinho, Espigão Alto do Iguaçu, Laranjeiras do Sul, Quedas do Iguaçu, Virmond e Rio Bonito do Iguaçu. Na segunda etapa, foram beneficiadas famílias de Cantagalo, Laranjal, Palmital, Pinhão, Pitanga, Santa Maria do Oeste e Turvo. Nesta terceira fase, neste primeiro semestre, deverão ser entregues mais 180 caixas-d'água em Campina do Simão, Foz do Jordão, Goioxim, Manoel Ribas, Nova Tebas e Reserva do Iguaçu.

PARCERIA E APOIO

A Sanepar é responsável pela compra do kit, no valor aproximado de R$ 3 mil cada, composto por uma base metálica galvanizada, caixa-d’água de 500 litros, tubos, registros e conexões hidráulicas. Cada família recebe um kit. A Sanepar também faz reuniões com a comunidade e curso de capacitação para a instalação e a lavagem adequada dos reservatórios. Até 2021 serão investidos no programa cerca de R$ 15 milhões, incluindo mão de obra, materiais de construção e as caixas-d’água.

A Secretaria de Estado da Família, Justiça e Trabalho faz a gestão do programa, capta e disponibiliza recursos financeiros que são repassados às famílias para cobrir os custos com mão de obra para a instalação. Os recursos vêm de um contrato do Estado com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que prevê a produção ou melhoria de moradias urbanas e rurais, na qual se insere o programa.

Já os municípios são responsáveis por armazenar e distribuir os materiais que compõem o kit de instalação de caixa-d’água. Eles também vão fiscalizar a instalação dos componentes.

PASSO A PASSO

Após a seleção, uma assistente social e um engenheiro do município, acompanhados de um técnico da Sanepar, visitam cada uma das famílias para ajudá-las a determinar o melhor local para a instalação do reservatório. Depois, vão retornar para conferir se o material foi, de fato, instalado.

Para a instalação as famílias têm prazo de até 60 dias após a entrega do kit. Depois disso, estando tudo certo, a Secretaria faz o repasse do valor de ressarcimento pela mão de obra por meio de conta bancária.

Acidente na Serra da Esperança deixa três mortos

Dia 24/01/2020

Uma colisão entre um caminhão e dois carros deixou três mortos e dois feridos graves no final da tarde de ontem (22) na BR 277, na Serra da Esperança, em Guarapuava.

O acidente foi registrado pelo Corpo de Bombeiros por volta das 17h. Segundo informações extraoficiais, o caminhão teria perdido o freio, atingido um camionete Ford Ranger e um veículo Fiat Palio. Após as colisões, o caminhão caiu na ribanceira, nas proximidades do Viaduto do Tigrinho. O motorista ficou preso ás ferragens e o Corpo de Bombeiros fez a retirada.

As vítimas fatais estavam nos veículos de passeio. Outros três feridos foram encaminhados para hospitais de Guarapuava. O Instituto Médico legal (IML) de Guarapuava foi acionado para recolher os corpos.

Caminhão cai parcialmente dentro de rio em Três Barras do Paraná

Dia 14/01/2020

Acidente aconteceu no Porto da balsa que liga os municípios de Três Barras do Paraná e Nova Prata do Iguaçu.

Um caminhão carregado com feijão caiu dentro do alagado da Usina de Salto Caxias no sudoeste na manhã desta terça feira (14) e ficou com parte da carroceria submersa.

O acidente aconteceu quando a balsa se preparava para efetuar manobras próximo ao porto de Três Barras do Paraná com destino a Nova Prata do Iguaçu. De acordo com informações do proprietário e morador de Nova Prata do Iguaçu, o caminhão estaria carregado com aproximadamente 18 toneladas de feijão que acabaram se perdendo.

Veículo afundou rapidamente, mas ninguém se feriu.

SAMU recebe em média sete trotes por dia na região

Dia 14/01/2020

Tivemos acesso ao balanço dos atendimentos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) na região Sudoeste em 2019. A central de regulação atendeu ao longo do ano quase 50 mil chamadas gerando 19.755 atendimentos.

Outro dado que chama a atenção são os trotes recebidos. Somente no ano passado foram 2.405 chamadas falsas para o telefone 192, uma média de sete ligações todos os dias, porem o número representa uma queda, uma vez que em 2018 foram 4.577 ligações, uma redução de quase 50%.

O SAMU atende os 42 municípios do Sudoeste do Paraná. Dos atendimentos feitos pela equipe do SAMU, os de maior frequência são acidentes de trânsito, casos clínicos e embriaguez.

Acidente é registrado no trevo de acesso à Três Barras

Dia 09/01/2020

Na tarde de quarta-feira, 08, a PRE operacional do Posto de Quedas do Iguaçu, registrou uma colisão transversal entre dois automóveis na PR 484 Km 75 + 520m no trevo de acesso a cidade. Os condutores de 52 e 74 anos, sofreram somente ferimentos leves.

Houve danos de monta nos veículos. Policiais Militares Rodoviários sinalizaram o local e controlaram o fluxo até a retirada dos veículos. Não houve interdição nos acessos.

Número de acidentes no ano novo tem redução

Dia 03/01/2020

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 80 acidentes, 108 feridos e quatro mortes no Paraná durante os cinco dias de Operação Ano Novo, entre sábado (28) e quarta-feira (1º). O total de mortes registradas pela PRF no estado é 43% inferior ao verificado durante o Ano Novo de 2018, quando sete pessoas perderam a vida. Na operação do ano passado, outras 147 pessoas saíram feridas e 92 acidentes foram atendidos.

Durante o período da operação, a PRF flagrou 111 motoristas dirigindo sob efeito de bebidas alcoólicas, 354 ultrapassagens proibidas e 63 crianças sendo transportadas sem cadeirinha. No total, 330 veículos foram recolhidos por diferentes irregularidades.

Imprudência marcou as causas dos quatro acidentes fatais registrados; velocidade e ultrapassagem proibida foram as responsáveis pelas mortes. Todas as mortes se deram em pista seca. Três das quatro mortes foram registradas em trechos de pista dupla, em retas e em períodos de ausência de luz natural.

Os tipos de acidentes que mataram foram a saída de pista, a colisão lateral, a colisão com objeto fixo e o capotamento. Em seus balanços estatísticos, a PRF contabiliza somente as mortes ocorridas nos locais dos acidentes.

Balanço da Operação Ano Novo 2019 no Paraná:

– 80 acidentes;
– 108 pessoas feridas;
– 4 mortes;
– 111 flagrantes de embriaguez;
– 354 ultrapassagens proibidas;
– 63 crianças sem cadeirinha;
– 330 veículos recolhidos;
– 54 pessoas presas.

envie para um amigo .... comente está matéria....... imprimir a matéria


Últimas Notícias
 
Editoria Ano Mês
 
 

É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, em qualquer meio de comunicação eletrônica ou impresso, sem a devida autorização escrita ou via
e-mail do site Iguaçu Notícias.

 

 


1

1

1

1

1

1
1

1
1

1

1

1

1

1