/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

1

1

1

1

1


1

1

1


 









Educação

Após a greve dos caminhoneiros, núcleos de educação estudam reposições

Dia 05/06/2018

As escolas da rede estadual de ensino que tiveram o calendário afetado pelo movimento dos caminhoneiros na última semana de maio vão repor os dias letivos e a carga horária conforme a realidade de cada município. Nesta segunda-feira (04), todas as 2,1 mil escolas da rede estadual voltaram à rotina.

O calendário de reposição será elaborado pelos Núcleos Regionais de Educação em parceria com as secretarias municipais e a equipe diretiva das escolas. O objetivo é que os estudantes tenham garantidos as 800 horas e os 200 dias de estudos previstos na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB).

“Cada Núcleo viveu uma situação. Tivemos municípios que nem tiveram suas atividades alteradas. Por isso, as reposições serão analisadas caso a caso. Quando a proposta estiver concluída, toda a comunidade escolar pode ficar tranquila que o transporte estará garantido para os dias de reposição”, enfatizou a secretária estadual da Educação, Lucia Cortez.

A reposição será elaborada em conjunto com os municípios, de acordo com a logística do transporte escolar para assegurar o deslocamento dos estudantes das redes municipal e estadual e, também, o planejamento pedagógico. Os municípios que não tiveram a rotina escolar alterada pela greve seguem o cronograma normal do calendário escolar.

Os alunos que não puderam comparecer por falta de transporte terão as faltas lançadas no sistema. No entanto, serão justificadas e os conteúdos repostos.

Em caso de dúvida sobre a reposição, pais e responsáveis devem entrar em contato com as escolas ou núcleo de educação da sua região.

PSS para agente de cadeia abre 1,1 mil vagas no Paraná

Dia 04/06/2018

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná (Sesp-PR) abre, nesta segunda-feira (4), as inscrições do Processo Seletivo Seriado (PSS) para agentes de cadeia pública no estado. É preciso ter, pelo menos, o ensino médio completo para participar.

As 1.156 vagas disponíveis estão distribuídas nas seguintes cidades: Curitiba; Londrina, Maringá e Cornélio Procópio, no norte; Cascavel, no oeste; Ponta Grossa, nos Campos Gerais; Umuarama, no noroeste; e Guarapuava, na região central.

A remuneração soma os R$ 1.447,65 do salário-base com os R$ 1.576,51 da gratificação, chegando a R$ 3.024,16. A jornada é a de 40 horas semanais - em escala de 12 h x 36 h.

As inscrições devem ser feitas, obrigadoriamente, no site da Sesp ou no site do Departamento Penitenciário do Estado do Paraná (Depen-PR) até as 17h do dia 12 de junho. Não há taxa de inscrição.

A seleção ocorre por análise de currículo, aperfeiçoamento profissional e provas de títulos. Os classificados, conforme a Sesp, devem ser contratados pelo prazo máximo de um ano, podendo haver prorrogação.

O resultado deve sair no dia 20 de junho, nos sites da Sesp e do Depen. A previsão é a de que os contratados comecem a trabalhar no dia 21 de julho.

envie para um amigo ...... comente está matéria........ imprimir a matéria

Últimas Notícias
 
Editoria Ano Mês
 
 

É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, em qualquer meio de comunicação eletrônica ou impresso, sem a devida autorização escrita ou via
e-mail do site Iguaçu Notícias.

 

 


1

1

1

1

1

1
1

1
1

1

1

1

1

1