/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

1


1

1

1

1

1

1

1


1

1

1

1

1


1

1


 









Política

Repórter Fantástico da Globo está em Prudentópolis


Prefeito afastado de Prudentópolis Gilvan Pizzano Agibert

Dia 26/03/2015

O “Repórter Fantasma” do programa Fantástico, da Rede Globo de televisão já está produzindo uma matéria em Prudentópolis/Paraná, que fica cerca de 239 quilômetros de Quedas do Iguaçu. No dia 25 de março pela manhã a equipe de reportagem esteve na casa do prefeito afastado Gilvan Pizzano Agibert. Não há informações se o prefeito se manifestou.

Em Prudentópolis, além do escândalo que culminou na denuncia do Gaeco há 29 pessoas e das obras iniciadas e paralisadas, a equipe está instruída a investigar o desvio de recursos públicos, que pode ter sido utilizado na compra de terrenos, casas, áreas de terra e gado.

O prefeito de Prudentópolis é suspeito da prática de 23 crimes, todos ligados à desvios de dinheiro público, enquanto exercia o cargo de prefeito. Uma CPI da Câmara Municipal de Vereadores  foi aberta para analisar o pedido de cassação do mandato do prefeito, baseada na prisão em flagrante do prefeito, no dia 12 de fevereiro, com R$ 24 mil reais em espécie. Segundo o Gaeco, o dinheiro é proveniente de propina.

Agibert ficou uma semana preso, com mandado de prisão temporária, e foi solto por decisão do TJ-PR. O vice-prefeito, Adelmo Klosowski (PPS), está no cargo desde 13 de fevereiro. O prefeito afastado se elegeu pelo PPS, mas no dia 23 de fevereiro, ele foi expulso pelo diretório estadual.

O Repórter Fantasma é responsável por uma série de reportagens em todo o país, onde investiga atos de desvio de verbas públicas e corrupção. São redes de políticos, empresas-fantasma e laranjas que desviam milhões de reais, com superfaturamento ou simplesmente não prestando serviço nenhum. Fica tudo só no papel. Não há previsão de quando a matéria irá ao ar.

Novo contrato reduz custos e melhora manutenção da frota de veículos do Estado

Dia 20/03/2015

O Governo do Estado está adotando um novo sistema de gerenciamento da frota pública de veículos, que vai ampliar em seis vezes o número de oficinas de manutenção, dar mais rapidez no atendimento e trazer uma economia de 20% nos custos.

O novo modelo de gestão da frota será compartilhado entre o Estado e uma empresa especializada, vencedora de licitação, a JMK Serviços, de Curitiba.

No sistema antigo, cada uma das 37 oficinas de manutenção de veículos que atendiam ao Estado tinha contrato em separado, com condições e critérios distintos.

O novo sistema tem apenas um contrato, com a empresa vencedora da licitação. Assim, o Departamento de Transporte Oficial (Deto), unidade da Secretaria da Administração e da Previdência, passa a ter maior controle na gestão da frota e na fiscalização da empresa contratada.

O contrato prevê que a empresa faça um diagnóstico detalhado e individualizado de cada veículo ativo ou inativo do Estado. A frota estadual é de 15,5 mil veículos.

O recadastramento dos veículos deverá ter ao menos cinco fotos de cada um deles. As fotos serão acompanhadas de dados de identificação, como placa, chassi, número de registro, marca, tipo, ano e cor; o número do patrimônio; tipo de combustível e capacidade do tanque; órgão proprietário e órgão usuário; cidade de lotação e hodômetro no momento do levantamento.

Pelo contrato, esse recadastramento deve ser feito anualmente, com controle e guarda eletrônica do histórico dos veículos. Aqueles que forem considerados inservíveis serão recolhidos e submetidos a leilão, resultando em recursos para o Estado.

Para o trabalho de manutenção preventiva e corretiva, o contrato estabelece maior quantidade de oficinas credenciadas pela empresa vencedora, passando das atuais 37 para um mínimo de 220, o que resulta maior agilidade e menor número de carros parados. Entre as credenciadas pela empresa, deverão estar concessionárias ou suas autorizadas para atender todas as marcas de veículos da frota em garantia de fábrica. Mais de 300 oficinas já foram cadastradas.

O Estado fará um controle rígido na qualidade dos serviços prestados. Para isso, a contratada deverá apresentar ao menos três orçamentos e o serviço somente poderá ser feito com a anuência do órgão estadual que usa o veículo. Além do Deto, cada órgão terá a liberdade de exercer a fiscalização e supervisão do trabalho, sem diminuir a responsabilidade da contratada.

A empresa ficará responsável por manter o histórico das manutenções preventivas ou corretivas de cada veículo, com relatórios de serviços e custos de peças e mão de obra, além de informações sobre o condutor, datas e horários. Isso garantirá ao Estado controle gerencial permanente sobre a movimentação da frota.

Também é de responsabilidade da contratada fornecer indicadores que demonstrem o desempenho por custo total da frota, além do custo médio de veículo por quilômetro rodado, o que permitirá tomar medidas que possam resultar em maior economia e eficiência.

Fonte: AEN

Diálogo põe fim na greve do Detran

Dia 18/03/2015

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PMDB) disse nesta terça-feira, 7, que com "muito diálogo" chegou-se ao fim da greve dos servidores do Detran. "Felizmente, mais uma vez prevaleceu o diálogo e o consenso. O projeto do governo já enviou para Assembleia, o projeto de lei que cria o quadro próprio dos servidores do Detran. Isso estava na pauta de reivindicação e, inclusive, não causa nenhum impacto orçamentário e financeiro, mas cria um plano de cargos e salários o que é extremamente importante para a categoria", disse.

Os 200 funcionários do Detran que estão em greve devem voltar ao trabalho imediatamente. Segundo Romanelli, a Assembleia Legislativa vai votar o projeto em regime de urgência. "Certamente, com apoio de todos os deputados, vamos aprovar o projeto no mais curto prazo", destacou.

Fonte: Pauta PR

Atos contra Dilma reúnem 2,2 milhões em todo o país

Dia 16/03/2015

Organizados pelas redes sociais, os protestos contra o governo Dilma Rousseff (PT) reuniram ontem 2,2 milhões de brasileiros em pelo menos 150 cidades. No Paraná, as manifestações ocorreram em pelo menos 15 cidades, as maiores concentrações foram em Curitiba (120 mil), Londrina (60 mil), Guarapuava (20 mil), Cascavel (15 mil), Foz do Iguaçu (10 mil) e Maringá (10 mil). De verde e amarelo, os manifestantes cantavam o hino nacional e gritavam “Fora Dilma”, “Fora PT”, “Mudança”. Muitas faixas pediam o impeachment de Dilma e outras o fim da corrupção. O número supera os 1,25 milhão que saíram às ruas em 100 cidades do país no dia 20 de junho de 2013, auge da onda de protestos.

Paraná

Segundo os organizadores, as manifestações pelo impeachment da presidente Dima Rousseff (PT) e contra o PT reuniram 285 mil pessoas nas cidades do Paraná: Curitiba, Londrina, Maringá, Foz do Iguaçu, Cascavel, Ponta Grossa, Paranaguá, Guarapuava, Paranavaí, Campo Mourão, Toledo, entre outras. À noite teve panelaço durante a coletiva dos ministros José Eduardo Cardozo (Justiça) e Miguel Rosseto (Secretaria-Geral).

Fonte: Pauta Paraná

Vereadores de Quedas votam projeto que aumenta salário de médicos

Dia 10/03/2015

Os vereadores votaram no dia 09 de março, em regime de urgência do projeto de lei que propõe  aumento de salário aos médicos contratados pela Prefeitura Municipal de Quedas do Iguaçu. Conforme comentou o Prefeito Jacaré, hoje o médico que presta serviço para a prefeitura está ganhando pouco mais de  4 mil e 400 reais.

O projeto de lei autoriza o município a pagar até 8 mil reais para o profissional médico; com isso, o prefeito Jacaré espera contratar mais três novos médicos para prestar atendimento no Pronto Socorro do Hospital Municipal e no Programa Saúde da Família.

envie para um amigo ...... comente está matéria........ imprimir a matéria


Últimas Notícias
 
Editoria Ano Mês
 
 

É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, em qualquer meio de comunicação eletrônica ou impresso, sem a devida autorização escrita ou via
e-mail do site Iguaçu Notícias.

 

 

z1

1
1

1

1

1
1

1

1

1

1

1
1

1

1

1

1

1

1

1

aa
Mais canais: Facebook - Google - Detran PR - Empregos & Negócios - Fale com o Iguaçu Notícias - Utilidades - Expediente - Tempo - Denuncie Aqui
Vendas on-line
- Busca no Site - Guia - Lista Telefônica - Rádio 92,5 FM - Regional