/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

1

1

1

1

1


1

1

1


 









Política

Richa e mais quatro governadores na lista de Janot

Dia 16/03/2017

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), e mais quatro governadores estão na “segunda lista de Janot” que foi entregue ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta terça-feira (14). Não se sabe em que circunstâncias o nome do tucano foi citado nos acordos de colaboração premiada firmados com 77 executivos e ex-executivos das empresas Odebrecht e Braskem, no âmbito da Operação Lava Jato. As informações foram divulgadas pelo Jornal Nacional, da TV Globo, na noite de quarta-feira (15).

“Desconheço o contexto no qual tive meu nome citado. Todas as minhas campanhas tiveram a origem dos recursos declarada à Justiça Eleitoral”, afirma em nota o político do PSDB. As investigações referentes aos governadores deverão correr no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Conforme mostrou o jornal Gazeta do Povo, o governador paranaense aparece em uma planilha com valores de doações de campanha para políticos na eleição de 2010 apreendida pela Polícia Federal na deflagração da Operação Acarajé. Além disso, empresas usadas como “laranja” pela Odebrecht doaram R$ 200 mil ao PSDB do Paraná naquele ano.

PGR mira três casos de suposto “caixa dois” na campanha de Richa

Os outros governadores incluídos nos 320 pedidos feitos pela Procuradoria-Geral da República (PGR) ao STF são os peemedebistas Renan Filho (Alagoas) e Luiz Fernando Pezão (Rio de Janeiro) e os petistas Fernando Pimentel (Minas Gerais) e Tião Viana (Acre).

Segundo apurou o telejornal, o procurador-geral também pediu a abertura de inquérito sobre os senadores Lindbergh Farias (PT-RJ), Jorge Viana (PT), Marta Suplicy (PMDB-SP) e Lídice da Mata (PSB-BA).

Os nomes divulgados pelo Jornal Nacional se somam aos já apurados pela imprensa na terça-feira. Também há na relação mais um ministro do governo Michel Temer (PMDB) além dos cinco informados anteriormente. Trata-se de Marcos Pereira (PRB), titular da pasta Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

Dia de mobilizações contra a reforma da previdência

Dia 15/03/2017

Está ocorrendo uma mobilização nacional nesta quarta-feira (15) em protesto a PEC 287/16 que prevê reformas na previdência. A APP-Sindicato também anunciou como certa a paralisação dos professores e servidores estaduais da Educação a partir do dia 15, apesar das tentativas do Governo do Estado em evitar a greve geral.

O pedido do Governo foi feito pelo chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, juntamente com a secretária da Educação, Ana Seres e os 32 chefes dos Núcleos Regionais da Educação e dirigentes sindicais.

APP segue pauta de greve

A APP-Sindicato afirma que a reunião com Rossoni e com Ana Seres, no final da tarde de segunda (13), teve como objetivo reafirmar a pauta e solicitar ao governo que suspenda a decisão de diminuir a hora-atividade dos professores. A entidade também alertou sobre a falta de funcionários nas escolas.

Vereadores votam contra isenção na tarifa da coleto do lixo

Dia 14/03/2017

No dia 13 de março o plenário da Câmara Municipal de Vereadores ficou lotado em Quedas do Iguaçu, grande parte do público presente foi acompanhar a votação de um requerimento, de autoria de alguns vereadores para solicitar ao executivo a isenção ou redução da taxa de coleta do lixo, que é um tributo municipal.

Por sua vez o requerimento foi rejeitado, ou seja, a maioria dos vereadores foi contra a redução ou isenção da taxa de lixo. Junto com o requerimento foram anexadas mais de mil assinaturas em um abaixo-assinado pedindo a redução da taxa, mesmo assim, a maioria votou contra o projeto.

Deputado propõe infração para quem jogar lixo em rodovias

Dia 10/03/2017

O Deputado Estadual Paulo Litro apresentou na Sessão Plenária do dia 09 de março, um Projeto de Lei tornando infração ambiental o descarte de lixo em rodovias do Paraná.

De acordo com o projeto qualquer resíduo sólido inorgânico proveniente de atividades humanas, domésticas e industriais descartados nas rodovias sejam delegadas ou administradas direta ou indiretamente pelo Estado e sob responsabilidade do Departamento de estradas e Rodagem (DER/PR) gerarão multa de 10 UPF/PR, ou seja R$ 940,97 (Novecentos e quarenta Reais e noventa e sete centavos).

Segundo o Deputado, o descarte é muito comum nas rodovias: “Tenho observado isso nas inúmeras viagens que faço pelo Paraná; são pessoas que jogam sacolas plásticas e outros itens pelas janelas dos veículos. Isso não só prejudica sobremaneira o meio ambiente, como pode ocasionar um acidente com veículos ao buscarem se desviar do lixo que muitas vezes se desloca para as vias”, disse o Deputado.

O projeto de lei vai, inicialmente, passar pela análise da Comissão de Constituição e Justiça e depois para as comissões temáticas para posteriormente ser debatido em Plenário.

Câmara empossa suplente de vereador


José Valmor Martins

Dia 02/03/2017

A Câmara de Vereadores de Quedas do Iguaçu realizou sua sessão ordinária da semana, no dia 1º de março de 2017 à noite e empossou o suplente de vereador José Valmor Martins, em lugar do vereador titular Claudelei Torrente Lima, que foi preso na operação Castra.

A posse foi feita por força do regime interno da casa que determina a posse do suplente, em caso do vereador titular estar privado de sua liberdade, que é o caso de Claudelei que foi preso em 2016 na operação Castra.

Na presença dos demais vereadores José Valmor Martins, que fez 398 votos, pela coligação “Juntos somos fortes, a esperança vai vencer” do candidato a Prefeito Elcio Jaime assumiu a cadeira do Legislativo municipal.

envie para um amigo ...... comente está matéria........ imprimir a matéria


Últimas Notícias
 
Editoria Ano Mês
 
 

É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, em qualquer meio de comunicação eletrônica ou impresso, sem a devida autorização escrita ou via
e-mail do site Iguaçu Notícias.

 

 


1

1

1

1

1

1
1

1

1

1

1

1

1

1