/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

1


1

1

1

1

1

1

1


1

1

1

1

1


1

1


 









Política

Trabalhadores reivindicam agenda com governador Beto Richa


A comissão esteve presente no lançamento das obras da Usina Hidrelétrica do
Baixo Iguaçu em Capanema

Dia 28/08/2015

Membros que compõem a comissão em defesa dos empregos em Quedas do Iguaçu tiveram uma conversa informal com o governador Beto Richa (PSDB), em uma agenda em Capanema (Sudoeste do Estado), na tarde de quinta-feira (27), onde reivindicaram uma agenda no Palácio Iguaçu, em Curitiba, para debater as invasões de terras no município.

Os presidentes dos sindicatos dos Trabalhadores do setor madeireiro e moveleiro, Claudir dos Santos e dos servidores municipais, Willian José da Costa, fizeram uma explanação ao governador da preocupação da comunidade quedense, pelo número de trabalhadores que estão sendo demitidos em diversos setores da economia da cidade, como da indústria, comércio e serviços.

Richa disse estar sensível as reivindicações da comunidade, que vem buscando uma forma pacífica de resolver o assunto, que como gestor tem compromisso político para com a comunidade local de restabelecer a paz.  Participaram da conversa o presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano (PSDB), os deputados estaduais, Paulo Litro (PSDB), Guto Silva (PSC) e deputado Wilmar Reichembach (PSC). Além do presidente do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Tarcísio Pinto.

Segundo dados divulgados recentemente, nos últimos 60 dias ocorreram 205 demissões no setor madeireiro e foi dado entrada em cerca de 600 pedidos de seguro desempregos na Agência do Trabalhador. Além da audiência com o governador Beto Richa, a comissão deverá fazer uso da Tribuna na Assembleia Legislativa do Paraná e audiências no Incra e secretaria de Segurança Pública. Entre os membros da comissão na conversa do governador estiveram o advogado Acemar Farias e o jornalista João Muniz.

Governo desmente boatos e garante que não usará Nota Paraná para fiscalização

Dia 21/08/2015

Uma onda de boatos envolvendo o Nota Paraná, lançado há duas semanas, levou o governo do estado a desmentir as informações de que o programa é um mecanismo criado para controlar as informações financeiras dos consumidores que pedem CPF na nota durante as compras. Desde o lançamento do programa, dezenas de postagens com informações desta natureza ganharam força nas redes sociais e se espalharam rapidamente dentro e fora da internet.

Em nota divulgada na Agência Estadual, o secretário da Fazenda do Paraná, Mauro Ricardo Costa, afirmou que não interessa ao governo saber da movimentação econômica dos cidadãos consumidores, mas sim dos empresários que pagam os impostos. “Não queremos saber quem compra, mas quem vende”, ressaltou ele. Estão na mira do governo estabelecimentos que vendem sem documento fiscal, sonegando tributos que deveriam ser recolhidos ao estado, afirma o secretário.

Inspirado em iniciativa semelhante lançada há oito anos pelo estado de São Paulo, o objetivo do Nota Paraná é envolver os cidadãos no combate à sonegação de impostos por meio do pedido da nota fiscal das mercadorias compradas. Em contrapartida, o consumidor recebe créditos equivalentes a 30% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) pago pelos produtos. O estado, por sua vez, amplia a base de contribuição e a arrecadação de tributos.

Além de poder acumular créditos de ICMS, o programa Nota Paraná prevê sorteios mensais com prêmios de até R$ 50 mil em dinheiro para os consumidores que pedirem o CPF na nota. Os créditos podem ser revertidos em dinheiro depositado na conta do consumidor, crédito para celulares pré-pagos em operadoras de telefonia ou desconto no Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

Fonte: GP

Deputado anuncia recursos para a saúde de Quedas

Dia 19/08/2015

O Governador Beto Richa, através da Secretaria de Estado da Saúde, repassará essa semana para os municípios, na modalidade fundo-a-fundo, recursos para implantação do transporte sanitário (aquisição de veículos).

O repasse faz parte do Programa de Qualificação de Atenção Primária à Saúde (APSUS) e serão repassados recursos de 120 mil ou 240 mil Reais (conforme critérios técnicos da SESA) para cada município, que poderá aplicar o recurso na aquisição de vans, ambulâncias, micro-ônibus e veículos menores para a vigilância sanitária.

Dentre os municípios a serem beneficiados, estão os municípios cujos prefeitos são atendidos pelo Gabinete do Deputado Paulo Litro, entre eles: Boa Esperança do Iguaçu, Flor da Serra do Sul, Marquinho, Matelândia, Nova Prata do Iguaçu, Palmas, Palotina, Quedas do Iguaçu, Ramilândia, Renascença, Salto do Lontra, São João, Saudade do Iguaçu, Sulina e Verê.

Ainda, estão recebendo os recursos também, os municípios de Wenceslau Braz, Santa Helena, São Jorge do Oeste, Três Barras do Paraná, Cafelândia, Ibaiti, Araucária, Barracão, Bela Vista da Caroba, Colombo, Cruzeiro do Iguaçu, Laranjeiras do Sul e Realeza.

O deputado Paulo Litro destacou a importância da liberação: “São recursos importantes, pois os prefeitos poderão utilizá-los de acordo com a necessidade de cada município, que deverá proporcionar mais qualidade de atendimento da população na área de saúde”.

O valor total da liberação pelo Governo do Estado é de R$ 53.620.000,00, sendo essa a maior liberação de recursos para a saúde da história do Paraná.

Deputado Evandro Roman assume compromisso com Quedas

Dia 17/08/2015

O Deputado Federal Evandro Roman, esteve em Quedas do Iguaçu na sexta-feira, dia 14, onde foi recebido pelo prefeito Jacaré, vereador e presidente do PSD, Eradi Antonio Buss Dutra, vereadora Neuza Jacuboski, além dos vereadores Osni Soares da Silva e Sebastião Quadros, secretários da Prefeitura e de outras lideranças.

Roman foi eleito com mais de 92 mil votos, em Quedas do Iguaçu ele obteve 390 votos. O deputado se colocou a disposição do município e falou das emendas e dos pedidos que são encaminhados pelos municípios ao Governo Federal. O Deputado também enfatizou o momento turbulento, com as crises  econômica e financeira que o país atravessa.

Evandro é conhecido por apitar alguns dos maiores clássicos do futebol brasileiro, como em 2005 a partida entre Corinthians e Internacional que definiu o campeonato brasileiro,  apitou vários Fla, Flus e Grenais, Evandro se aposentou dos gramados em 2012, foi secretário de Esporte do Governo do Paraná. Em outubro de 2014, com 92.042 votos, Evandro foi eleito deputado federal pelo estado do Paraná. Uma das passagens mais polêmicas da carreira do ex-juiz, que fez parte dos quadros da Fifa e da CBF, foi quando ele acusou o Coritiba, em 2005, de tentar subornar árbitros e auxiliares.

Governo deve enviar mudança na eleição de diretores de escolas

Dia 13/08/2015

O Governado do Estado, Beto Richa, deve enviar nos próximos dias um projeto de lei que altera as regras para as eleições dos diretores das escolas públicas do Paraná.

Segundo a nova lei os votos de um estudante ou pai de aluno teriam o mesmo peso do voto de um professor ou funcionário da escola, além disso, os mandatos passariam a ser de 2 anos com direito a apenas uma reeleição e a secretaria teria poder de veto nas candidaturas o que poderia ser usado politicamente para barrar adversários políticos.

Cobrança do licenciamento de veículos começa nesta segunda (3) no Paraná

Dia 02/08/2015

Começa nesta segunda-feira (3) e segue até novembro a cobrança do Licenciamento Anual para veículos emplacados no Paraná pelo Departamento de Trânsito (Detran) do estado. A taxa é de R$ 68,42 e a data de vencimento varia de acordo com os dígitos finais da placa do automóvel (veja relação abaixo).

O pagamento pode ser feito no Banco do Brasil, Sicredi, Bancoob e Banco Rendimento. Para realizar o pagamento, o Detran disponibilizou um passo a passo para retirar o protocolo por caixa eletrônico e fazer o pagamento em uma agência ou banco conveniado na aba “Licenciamento Anual”. Clientes do Banco do Brasil podem realizar o pagamento no caixa do autoatendimento ou pela internet.
Para quitar a taxa é preciso estar em dia com os demais débitos, como multas, Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor (IPVA) ou Dpvat. Depois do pagamento do Licenciamento Anual, o Detran emite o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) e envia-o por correio.

Quem precisar atualizar o endereço de cadastro pode fazer pelo site do Detran clicando nas abas “Veículo” e em seguida “Licenciamento Anual”. Caso a entrega não tenha sido feita em dez dias, é possível consultar no site do Detran em “Entrega do CRLV”.

Como o porte do documento CRLV é obrigatório e em sua forma original, quem for flagrado com veículo não licenciado estará cometendo uma infração gravíssima segundo o Código de Trânsito Brasileiro. A multa é R$ 191,54, a penalidade é de sete pontos na Carteina Nacional de Habilitação. Como medida administrativa, o veículo é apreendido.

Confira os prazos de pagamento de acordo com o final da placa do automóvel:

Placas com final em 1 e 2 - agosto;
Placas com final em 3, 4 e 5 - setembro;
Placas com final em 6, 7 e 8 - outubro;
Placas com final 9 e 0 - novembro.

Passo a passo para retirada do protocolo:

1 - No caixa automático, apertar a tecla entra e selecionar a opção consulta;
2 - Selecionar protocolo para pagamento on-line;
3 - Selecionar taxas Detran do Estado do Paraná;
4 - Selecionar licenciamento anual / DPVAT;
5 - Digitar número do Renavam;
6 - Escolher a opção de pagamento do licenciamento e retirar o protocolo para pagar na agência ou banco conveniado.

Fonte: GP

envie para um amigo ...... comente está matéria........ imprimir a matéria


Últimas Notícias
 
Editoria Ano Mês
 
 

É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, em qualquer meio de comunicação eletrônica ou impresso, sem a devida autorização escrita ou via
e-mail do site Iguaçu Notícias.

 

 

z1

1
1

1

1

1
1

1

1

1

1

1
1

1

1

1

1

1

1

1

aa
Mais canais: Facebook - Google - Detran PR - Empregos & Negócios - Fale com o Iguaçu Notícias - Utilidades - Expediente - Tempo - Denuncie Aqui
Vendas on-line
- Busca no Site - Guia - Lista Telefônica - Rádio 92,5 FM - Regional