/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

/

1


1

1

1

1

1

1

1


1

1

1

1

1


1

1


 









Política

Comissão adia votação do projeto que revoga o Estatuto do Desarmamento

Dia 16/12/2014

A votação do projeto de lei que revoga o Estatuto do Desarmamento foi adiada para quarta-feira (17) da próxima semana. Depois de mais de quatro horas de debates, obstruções e leitura do parecer do relator, deputado Claudio Cajado (DEM-BA), a reunião da comissão foi encerrada e a votação adiada.

Deputados contrários à proposta que revoga o estatuto tentaram obstruir até mesmo a votação da ata da sessão anterior da comissão, em uma estratégia para impedir a leitura e votação da proposta. Eles disseram que vão utilizar de todos os recursos legais para obstruir a votação do projeto.

Deputados favoráveis à revogação do estatuto defenderam a proposta e rebateram as criticas dos contrários à matéria, que alegaram que o assunto precisa ser amplamente discutido. Os defensores lembraram que o projeto tramita há mais de dois anos e que já houve tempo suficiente para debater o assunto.

Fonte: Agência Brasil

Em nota, Detran esclarece sobre greve de seus servidores

Dia 15/12/2014

Segundo o Detran do Paraná, a greve anunciada pelo Sindicato dos Servidores, a partir do dia 15 de dezembro não deve prejudicar a sociedade paranaense e já preparou um plano de contingência para evitar maiores problemas. A autarquia, através da Procuradoria Geral do Estado, vai adotar as medidas judiciais cabíveis questionando a legalidade do movimento. Os serviços considerados essenciais devem ser mantidos, como a liberação de veículos apreendidos, primeiro registro de automóveis, exames práticos para primeira habilitação que estejam vencidos em 30 dias, renovação de CNH vencidas há mais de um mês, além do recebimento e devolução de CNH suspensa.

Em Quedas do Iguaçu, apesar da greve, a CIRETRAN vai funcionar normalmente.

Richa confirma Ratinho, Fernanda e Flávio Arns no secretariado

Dia 11/12/2014

O governador Beto Richa (PSDB) anunciou mais cinco secretários para seu segundo mandato e todos eles são velhos conhecidos da atual gestão. A maior novidade é a confirmação de Ratinho Jr. (PSC) como secretário de Desenvolvimento Urbano. Ratinho já ocupou a pasta no primeiro mandato entre 2013 e o início deste ano.

Fernanda Richa, a primeira-dama, retornará à Secretaria da Família e Desenvolvimento Social. Fernanda só deixou o posto durante a campanha pela reeleição, mas em janeiro volta ao cargo.

Mounir Chaowiche será novamente o presidente da Cohapar. O secretário já acompanha Richa desde o primeiro mandato na prefeitura de Curitiba, quando era presidente da Cohab.

Flávio Arns (PSDB) será o secretário de Assuntos Estratégicos. Dessa vez, porém, sem acumular com o cargo de vice-governador. E João Carlos Gomes seguirá como secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Projeto de lei libera compra e porte de armas

Dia 09/12/2014

Após 11 anos em vigor, o Estatuto do Desarmamento vai passar no dia 10 de dezembro por uma prova de fogo na Câmara dos Deputados. O projeto de lei (PL) 3722/2012, que revoga as regras estabelecidas em 2003, será votado em comissão especial e, se aprovado, segue para o plenário.

A proposta volta a permitir o porte de armas por civis, desburocratiza a compra, torna as taxas de registro e licença até dez vezes mais baratas e aumenta em 50% a quantidade de armamentos que cada pessoa pode ter.

Em 2005, 63,96% dos brasileiros rejeitaram, em referendo, a proibição do comércio de armas no país (a votação não fazia referência ao porte). “O projeto apenas permite o que a maioria da população deseja: que o cidadão de bem tenha direito de ter uma arma para se defender”, afirma o autor do projeto.

O que deve mudar é o prazo de validade do registro de armas e a idade mínima para a posse e o porte.

Pelo projeto original, a validade nunca expiraria, mas  agora vai ser sugerido um prazo de cinco anos e 25 anos de idade a exigência mínima para a compra de armamento. O porte seria concedido apenas após cinco anos de posse, ou seja, a partir dos 30 anos.

Hoje, por exemplo o porte de arma é proibido, pelo novo projeto de Lei ele será permitido a qualquer cidadão, desde que não tenha antecedentes criminais e que não esteja respondendo a nenhum processo criminal.

Já o registro vai garantir o direito ao transporte da arma; hoje é permitida a compra de 50 munições   por ano para cada arma registrada, se o projeto de Lei for aprovado, vai permitir 600 munições por ano ou 50 por mês.

Vereadores se dividem em duas chapas para presidência da Câmara de Vereadores

Dia 03/12/2014

Vereadores divididos e duas chapas pré-definidas para disputar a Presidência da Câmara Municipal de Vereadores de Quedas do Iguaçu. A primeira chapa foi apresentada no dia 17 de novembro pelo vereador Eradi Antonio Buss Dutra (Carneirinho), com a seguinte composição:

Presidente: Eradi Antonio Buss Dutra, PSD;
1º Vice-Presidente: Josmar Cavasotto, PP;
2º Vice-Presidente: Adilson Polezi, PP;
1º Secretário: Eleandro da Silva, do Solidariedade;
2º Secretário: Neuza Jacuboski, PSD.

A segunda chapa foi apresentada na sessão ordinária do dia 24 de novembro pelo vereador Osni Soares da Silva, candidato à reeleição. A chapa número 2 está formada com os seguintes nomes:

Presidente: Osni Soares da Silva, PTB;
1º Vice-Presidente: Sebastião Quadros da Silva, do Solidariedade;
2º Vice-Presidente: Tomaz Gonçalves de Melo, PSC;
1º Secretário: Ivar Antonio Lins Eleutério, PMDB;
2º Secretário: Silvano Ribeiro, PT.

Segundo o regimento interno da casa, as chapas que desejarem concorrer à Presidência do  Legislativo, devem ser formadas e inscritas 30 dias antes do dia da eleição da nova mesa diretora, marcada para o dia 22 de dezembro.

Espigão Alto do Iguaçu

Chapa de consenso vai eleger Vanderlei Rodhem (PR), presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Espigão Alto do Iguaçu para o biênio 2015/2016.

No dia 15 de dezembro será eleita a nova Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Espigão Alto do Iguaçu. Uma única chapa foi inscrita e tem o vereador Vanderlei Rodhem como candidato à  Presidência. Ela está formada com os seguintes membros.

Presidente: Vanderlei Rodhem;
Vice-Presidente: Edimir Chechoski (Chuvisco);
1º Secretário: Antonio Petry;
2º Secretário: Marcio Canzer.

Os vereadores construíram com muita paciência e habilidade uma chapa de consenso, obedecendo ao princípio de atender todas as demandas legítimas dos vereadores espigãoenses, mesmo os que fazem oposição à atual administração, revela o vereador Vanderlei Rodhem.

Espigão tem chapa única para Mesa Diretora da Câmara

Dia 01/12/2014

No dia 15 de dezembro será escolhida a nova mesa Diretora da Câmara Municipal de Vereadores da cidade vizinha de Espigão Alto do Iguaçu. Na ocasião apenas uma chapa foi inscrita para concorrer, com o vereador Vanderlei Rodhem disputando a presidência; vice-presidência o  vereador  Edimir Chechoski (Chuvisco); primeiro Secretário vereador Antonio Petry, segundo Secretário vereador Marcio Canzer.

Já aqui em Quedas do Iguaçu, a eleição será no dia 22 de dezembro, na última sessão ordinária do ano e duas chapas disputam a presidência. A primeira liderada pelo vereador Eradi Antonio Buss  Dutra (candidato à presidente) e a segunda chapa tem à frente o candidato à reeleição o vereador  Osni Soares da Silva.

envie para um amigo ...... comente está matéria........ imprimir a matéria

Últimas Notícias
 
Editoria Ano Mês
 
 

É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, em qualquer meio de comunicação eletrônica ou impresso, sem a devida autorização escrita ou via
e-mail do site Iguaçu Notícias.

 

 

z1

1
1

1

1

1

1

1

1

1

1

1
1

1

1

1

1

1

1

1

aa
Mais canais: Facebook - Google - Detran PR - Empregos & Negócios - Fale com o Iguaçu Notícias - Utilidades - Expediente - Tempo - Denuncie Aqui
Vendas on-line
- Busca no Site - Guia - Lista Telefônica - Rádio 92,5 FM - Regional